Home > Empregos > Arrumei o primeiro emprego: E Agora?

Arrumei o primeiro emprego: E Agora?

Arrumei o primeiro emprego: E Agora? – Mas e após a contratação, quando finalmente chega o tão esperado primeiro dia de trabalho, o que devo fazer? Como me comportar?

Confira na sequência, algumas dicas para se adaptar, bem como se destacar no local de trabalho.

1- Tudo é conhecimento: Adquira o máximo de informações possíveis!

Antes de qualquer coisa, o primeiro emprego é uma nova porta que se abre para seu futuro profissional, e nele você aprenderá muitas coisas novas, que lhe moldarão para o mercado de trabalho e também para a vida. Em meio à tantas novidades e novas experiências, adquira o máximo de conhecimento que puder. Tire dúvidas, demonstre interesse, preste atenção em cada detalhe e em tudo que estão lhe ensinando. Em outras palavras, descubra seus pontos fortes e fracos para cada tarefa que executar, pois conhecendo suas capacidades e seus limites, você aumenta a sua produtividade.

2- Networking: Construindo rede de relacionamentos!

Mesmo aprendendo tudo sobre seu trabalho e suas funções, você provavelmente precisará da ajuda das demais pessoas da empresa: Seja para buscar um cargo melhor ou até mesmo para manter seu emprego. Desse modo, manter uma boa relação com as pessoas que convivem com você no seu local de trabalho é fundamental. Embora você tenha mais amizade e afinidade com algumas pessoas ou grupos, não esqueça de manter contato e ser cordial com todos.

Arrumei o primeiro emprego: E Agora?

3- Evite uma postura passiva: Seja profissional!

Embora não possua experiência e esteja no estágio de aprendizagem, é importante lembrar que a empresa conta com você, e agora você faz parte da equipe de profissionais que representam a empresa. Demonstre interesse, saia da zona de conforto, observe o que precisa ser feito, o que pode ser melhorado, preste atenção nos detalhes. Diferente do período escolar, não há uma prova no final para avaliar se você está ou não aprovado. Aqui você é avaliado diariamente.

4- Arrumei o primeiro emprego: E Agora? Seu corpo fala sobre você!

Acima de tudo, tenha muito cuidado com a postura do seu corpo e suas atitudes no local de trabalho. Independente de sua formação escolar, do histórico familiar ou até mesmo do apadrinhamento que você possua, são suas atitudes e a forma que você se comporta que definirão sua imagem na empresa. Evite conversas paralelas que não condizem com o local de trabalho, assim como não promova ou se envolva em brincadeiras que venham a atrapalhar seu rendimento. Lembre-se, agora você é um profissional, além disso, representa a empresa.

5- Feedback: Aprenda a evoluir com eles!

Inegavelmente, você receberá alguns feedbacks e até mesmo algumas críticas no seu local de trabalho. É normal, você está começando e não tem a obrigação de saber tudo e nem de acertar tudo, erros acontecem. O mais importante quando isso ocorrer, é saber ouvir, procurar entender onde errou e o que o levou a cometer esse erro, mas acima de tudo, aprender a lição com cada erro. Afinal, você não quer repetir ele lá na frente e receber novas críticas, certo? Lembre-se, todo erro é uma oportunidade para aprender algo e não cometer o mesmo erro novamente.

6- Arrumei o primeiro emprego: E Agora? Está em apuros? Peça ajuda!

Nenhum processo é exatamente igual ao anterior, nenhuma rotina poderá ser executada sempre exatamente da mesma forma. Muitas vezes surgirão situações que lhe deixarão em dúvidas de como proceder, ou que você não terá como resolver algo sozinho. Não fique receoso, peça ajuda, compartilhe suas dificuldades com pessoas mais experientes na empresa. Pode ter certeza que muitos deles já passaram por situações iguais ou até mais complicadas da que você está enfrentando, portanto, saberão a melhor maneira para lhe auxiliar. Mas cuidado, isso não significa que você deve se acomodar e esperar tudo pelos outros: Você continua sendo o responsável por executar determinada tarefa, ao pedir ajuda, a outra pessoa está dispondo do tempo e dos conhecimentos dela para auxiliar naquilo que é de sua responsabilidade.

7- Aonde quer chegar? Tenha objetivos!

Ainda que seja o seu começo no mundo corporativo e muitas coisas mudarão com o passar do tempo e com a experiência adquirida, é fundamental que você saiba aonde quer chegar. Não se trata unicamente de um cargo ou profissão específica, e mesmo sabendo que aquele não é o emprego que você quer para o resto de sua vida, tenha clareza dos seus objetivos. Pergunte-se: Em qual área quero trabalhar? Quais as profissões que mais se encaixam com minhas qualidades e meus conhecimentos? O que preciso fazer e o que preciso estudar para alcançar meus objetivos? Definir esses objetivos é o primeiro passo para chegar aonde você deseja.

8- Arrumei o primeiro emprego: E Agora? Objetivos definidos: Quais as referências?

Você já definiu seus objetivos profissionais, ao passo que já sabe aonde quer chegar e o que precisa fazer para concluir cada processo e se tornar um profissional de sucesso. Como fazer tudo isso? Tenha referências pessoais e profissionais. Procure por pessoas que já atingiram esses objetivos, que já chegaram aonde você quer chegar. Descubra o que eles fizeram, o que estudaram, como venceram cada obstáculo. “Se alguém já conseguiu, você também pode! Se ninguém conseguiu, o que lhe impede de ser o primeiro?”

Cada dia será de novos desafios, de conflitos e dificuldades, porém, em cada situação você pode encontrar as respostas que tanto busca para seu crescimento pessoal e profissional. O segredo é fazer do seu trabalho algo que lhe dê prazer, buscar sempre aprender algo bom e se aperfeiçoar no que está fazendo.

Ainda com dúvidas sobre o primeiro emprego ou sobre o mercado de trabalho? Fique ligado no blog, a fim de lhe ajudar, semanalmente teremos novas postagens com dicas e postagens para tirar suas dúvidas.

Conseguir o primeiro emprego é um processo longo (criar o currículo, entregar, aguardar a chamada para entrevista, fazer testes, para enfim ser contratado e começar a trabalhar).